Zeli Silva e as delicias sonoras de “Agora é sempre”

by • 10 de outubro de 2016 • Destaques, Novidades, textosComments (0)805

capa_agoraSonoridades concisas, com músicos de longa experiência pela estrada dos sons. Dessa forma,o contrabaixista e compositor Zeli Silva apresenta seu primeiro álbum de canções: "Agora é sempre". O novo trabalho mostra um pouco da vertente do talentoso contrabaixista como letrista. Vitor Alcantara (sax/flauta), Moisés Alves (piano), Edu Ribeiro (bateria) e Fernando Corrêa (guitarra) compõe o grupo base da gravação do trabalho que conta com a participação dos convidados: Arismar do Espírito Santo, Filó Machado, Fábio Peron, Lulinha Alencar, Paulo Malheiros, Cleber Almeida e os interpretes: Filó Machado, Sérgio Santos, Ana Luiza, Livia Nestroviski, Vanessa Moreno, Simone Guimarães e Fi Moreau. Uma experiência singular apreciar a riqueza ritimica, as várias vertentes da musicalidade brasileira, inspirada nas influências e as linguagens do jazz. É perceptível o encantamento sonoro na faixa 1 "O Canto e o Vento", composto por Zeli Silva e Luiz Felipe Gama sem contar a faixa 3, "Noite Adentro" com toda a beleza e a delicia de uma balada. Uma canção ótima para ouvir minutos antes de dormir. Outra canção com uma levada bem gostosa. Daquelas que vem bem ao ouvido e as notas fazem caminhos sinuosos pelo ouvido é "Futuro", deliciosamente interpretada por Simone Guimarães com sua voz pequena e as notas bem colocadas. Zeli, com toda a sua experiência, sua eximia musicalidade, faz um trabalho rico, com toda a diversidade rítmica e com esse time de peso apresenta um trabalho, ora dançante, ora poético, com seus sons que fazem nosso corpo relaxar em meio a essa sujeira sonora e visual das grandes cidades.    
Pin It

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *